História | Factos e Acontecimentos | Gráfico


A Che Lagoense, hoje, como é conhecida por todos, nasceu com o processo libertador do 25 de Abril, do seio da Comissão de Trabalhadores da empresa de materiais Novobra e rapidamente se tornou numa instituição e num projecto credível, sólido e bem estruturado.


Criada a 26 de Janeiro de 1976 como Cooperativa de Habitação Económica dos Trabalhadores da Novobra, para a 04 de Fevereiro adoptar o seu actual nome - Cooperativa de Habitação Económica Lagoense e a 28 de Maio, os membros da Comissão Instaladora, em nome dos 98 primeiros associados, por escritura pública, lavrada no Cartório Notarial de Lagoa terem fundado esta importante instituição do concelho de Lagoa.


A necessidade de uma habitação condigna, associada a essa corrente libertadora que o 25 de Abril lançou na sociedade Portuguesa, fizeram do cooperativismo a forma mais ajustada e adequada para resolver essa necessidade de habitação que as famílias tanto evidenciavam.


Para o sucesso e o êxito da Che Lagoense, concorreram em perfeita combinação, não só a vontade e a determinação em fazer a obra e resolver os problemas dos seus associados, como a criação e a implementação de uma organização perfeitamente adaptada á realidade e ás exigências, com apurado sentido de responsabilidade de coerência e de seriedade.


Ao longo da sua vida, a Che Lagoense tem-se pautado por:



• Adequar os empreendimentos, suas características e tipologias, de acordo com os desejos e necessidades dos seus associados.


• Solicitar aos cooperadores esforços perfeitamente aceitáveis, garantindo taxas de capitais próprios equilibradas.


• Criar espaços comuns nas urbanizações, capazes de valorizar e humanizar a vivência comunitária das famílias.


• Garantir de forma equilibrada e adequada a manutenção dos empreendimentos.


• Criar espaços de cariz social, desportivo e educativo, capazes de potencializar uma nova vivência de acordo com as solicitações e necessidades das famílias e dos jovens.



O exemplo de gestão que a Che Lagoense oferece, reflecte a sua situação, o êxito do seu trabalho, combinando uma filosofia de participação com uma capacidade organizativa profissionalizada.


É indispensável saber gerir com êxito, as expectativas e o desejo de muitas famílias na procura de uma habitação com qualidade e de acordo com as suas aspirações.


É necessário e indispensável tornar o sonho em realidade, com a qualidade que os tempos modernos solicitam e exigem.


Queremos e desejamos fazer sempre mais, mas queremos e desejamos faze-lo com qualidade e com a certeza, de que os nossos cooperadores, ao abraçarem e escolherem o cooperativismo, como forma de estar e de viver, fazem-nos, com a convicção de que escolheram o melhor para si, para os seus e para a sociedade.





O PARCHAL






Factos e Acontecimentos



1976 | 1981 | 1984 | 1986 | 1988 | 1992 | 1993 | 1996 | 1998 | 2001 | 2004 | 2006 | 2007 | 2008 | 2009





1976

Fundação da Che Lagoense e celebração da escritura pública lavrada no Cartório Notarial de Lagoa a 28 de Maio.




1981

Conclusão do primeiro empreendimento cooperativo Vale de Cães – 124 Moradias


• Escritura do terreno com 42 500m² feita em Direito de Superfície

• Projecto do Gabinete “Design e Arquitectura Bloco”

• Financiamento Ex-Fundo Fomento de Habitação

• Auto consignação assinado a 8 Fevereiro 1978 com a União Cooperativa de Construção Civil – CoopFaro.

• Comporta 400 habitantes


      


1984

Conclusão do empreendimento Vila do Parchal – 1ª Fase / 112 Fogos


• Projectos “Sul Projectos”

• Construtora “Soares da Costa”

• Financiamento I.N.H.


      


1986

Conclusão do empreendimento Vila do Parchal – 2ª Fase / 114 Fogos


• Projectos “Sul Projectos”

• Construtora “Soares da Costa”

• Financiamento I.N.H.


      


1988

Conclusão do empreendimento do Ramalheiro – 61 Moradias


• Projecto do Gabinete “Cooptar”

• Financiamento “C.G.D.”

• Auto consignação assinado a 17 Março 1987 com a firma “Soares da Costa”

• Comporta 200 habitantes


      


1988

Conclusão do empreendimento Vila do Parchal – 3ª Fase – 154 Fogos


• Projectos “Sul Projectos”

• Construtora “Soares da Costa”

• Financiamento “C.G.D.”


      


1992

Conclusão do empreendimento Cercas de S. José – 102 fogos / 1200 m2 de espaços comerciais


• Projecto do Gabinete “Gitap”

• Financiamento “C.G.D.”

• Auto consignação assinado a 15 Março 1990 com a Construtora “Fonseca e Filhos”

• Comporta 350 habitantes


      


1993

Conclusão do empreendimento do Pateiro – 121 Fogos


• Projecto “Gitap”

• Construtora “Soares da Costa”

• Financiamento “C.G.D.”

• Comporta 400 habitantes


      


1996

Conclusão do empreendimento Bela Vista – 36 Apartamentos


• Projecto Luís Veríssimo

• Construtora “Boto Oliveira”

• Financiamento “C.G.D.”

• Comporta 119 habitantes


      


1998

Conclusão do empreendimento Vila do Parchal – 4ª Fase / 6 Fogos / 19 Espaços Comerciais / 65 Garagens Individuais


• Projectos Arquitecto Luís Veríssimo

• Construtora “Boto Oliveira”

• Edificação com Capitais Próprios




2001

Conclusão do empreendimento Quinta das Romanzeiras – 86 Fogos – 2 Espaços Comerciais


• Empreendimento de parceria com outras Cooperativas

• Projecto Arquitecta Ditza Reis

• Construtora “Soares da Costa”

• Financiamento “C.G.D.”

• Comporta 284 habitantes


      


2004

Conclusão do empreendimento Encosta do Arade – 81 Moradias


• Empreendimento de parceria com outras Cooperativas

• Projecto Luís Veríssimo

• Construtora “Obrecol”

• Financiamento “C.G.D.”

• Comporta 267 habitantes


      


2004

Conclusão do empreendimento Janelas de Loulé – 62 Fogos


• Empreendimento de parceria com outras Cooperativas

• Projecto “Cooptar”

• Construtora “Obrecol”

• Financiamento “C.G.D.”

• Comporta 205 habitantes


      


2006

Conclusão do empreendimento Encosta do Pateiro - 160 Moradias


• Empreendimento de parceria na Uchalgar

• Projecto Arquitecto Raposo

• Construtora “Obrecol”

• Financiamento “C.G.D.”

• Comporta 528 habitantes


      


2007

Conclusão do empreendimento Colina Residencial do Parchal – 40 Fogos


• Empreendimento de parceria na Uchalgar

• Projectos Arquitecto Luís Veríssimo

• Construtora “Obrecol”

• Financiamento “Montepio Geral”


      


2008

Conclusão do empreendimento Vale de Rãs – 1ª Fase / 96 Fogos


• Empreendimento de parceria na Uchalgar

• Projecto “Vão Arquitectos”

• Construtora “Obrecol” e “Lena Construções”

• Financiamento “Montepio Geral”

• Comporta 217 habitantes


      


2009

Empreendimento Vale Lagar Residencial – 229 Fogos

Em Construção 13 Moradias


• Empreendimento de parceria na Uchalgar

• Projecto “Conarqeng Lda”

• Construtora “Houseloft”

• Financiamento C.G.D”

• Comporta 875 habitantes

      






Gráfico do Histórico da Che Lagoense







Colina Res. Parchal Moradias

Estudo de loteamento para 60 moradias.

Veja mais...


Colina Residêncial do Parchal

» Apartamento T2

» Apartamento T3